4 de julho, o dia da Independência dos Estados Unidos: história, curiosidades e dicas para turistar

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3.60/5 - 5 avaliações)
carregandoLoading...

4 min de leitura

Por: Confidence Câmbio • 1 Jul 22

Está ouvindo uma banda marcial ao fundo? Sentindo cheiro de cachorro-quente e hambúrguer na grelha? Fogos de artifício carimbando o céu? Então deve ser Dia da Independência nos Estados Unidos! O 4 de Julho marca a data histórica de 1776, quando a Declaração da Independência, escrita por Thomas Jefferson, foi aprovada pelo Segundo Congresso Continental da Filadélfia. O documento afirmava que as colônias americanas não desejavam mais ser governadas pela Grã-Bretanha – queriam se tornar seu próprio país. Spoiler: teve guerra. Continue lendo para descobrir fatos, curiosidades e dicas para viajantes curtirem o feriado por lá.

Tema de filmes, tempo/espaço para capítulos de incontáveis séries e um dos feriados mais importantes do calendário dos Estados Unidos. Com isso posto, é bem improvável que você não saiba que estamos falando do 4 de Julho, o Dia da Independência norte-americana. Mas, por que a data é tão significativa a ponto de ser amplamente retratada em produções e habitar o imaginário de tanta gente ao redor do mundo? Bem, a explicação, é claro, passa primeiro pela história: é o marco na linha do tempo em que os Estados Unidos se tornaram oficialmente uma nação. Depois, virou motivo para uma comemoração patriótica que é a cara do país – com festivais, desfiles, churrascos no quintal, em pleno verão e no meio das férias escolares.

Ok, mas de qual país os Estados Unidos declarou independência?

Veja só a resposta retirada do site Brasil Escola: “a Independência dos Estados Unidos foi declarada no dia 4 de julho de 1776 e colocou fim ao vínculo colonial que existia entre as Treze Colônias (nome pelo qual a região era conhecida nesse período) e a Inglaterra. Com essa conquista, os Estados Unidos transformaram-se na primeira nação do continente americano a ter sua independência”.

Em resumo: antes da declaração, os Estados Unidos faziam parte do Reino da Grã-Bretanha e, nos anos 1600, as pessoas iam de lá para se estabelecer no que hoje é a América do Norte. Entre 1607 e 1732, os britânicos fundaram 13 colônias. À medida que essas colônias cresciam, crescia também o sentimento de que o governo britânico as tratava injustamente, com impostos nas alturas. Como resultado, começou a Guerra Revolucionária entre os colonos e a Grã-Bretanha, em 1775.

Só que batalhar não foi o suficiente – os locais decidiram que precisavam declarar sua independência por escrito para explicar suas razões e, eventualmente, obter apoio de outros países. Em 4 de julho de 1776, um pequeno grupo de representantes das colônias – chamado Congresso Continental – publicou a Declaração de Independência. O documento era assinado por um comitê liderado por Thomas Jefferson, que anos mais tarde, também viria a ser presidente dos EUA. É de se supor que não tenha sido tão simples e, de fato, não foi. Tanto que o governo britânico nem aceitou a tal carta. Assim, os colonos continuaram a lutar pela independência até que finalmente derrotaram a Grã-Bretanha em 1783.

3 curiosidades sobre o Dia da Independência dos Estados Unidos

  • Thomas Jefferson foi o primeiro presidente a celebrar o Dia da Independência na Casa Branca, em 1801. A celebração contou com corridas de cavalos, desfiles, comes e bebes – bem semelhante às celebrações de 4 de julho que vemos hoje.
  • Embora a data seja comemorada todos os anos desde 1776, ela não se tornou feriado federal até 1870.
  • A Declaração de Independência, agora guardada nos Arquivos Nacionais em Washington, é reconhecida como uma importante mensagem de direitos humanos. Uma frase diz: “que todas as pessoas são criadas igualmente e têm direitos que incluem a vida, a liberdade e a busca da felicidade”.

Tradições do 4 de Julho: fogos de artifício, churrasco e mais

O jeito de celebrar dos norte-americanos hoje tem muito a ver com as primeiras festas do Dia da Independência. O must have das tradições está nessa lista:

  • Fogos de artifício. Há queimas de fogos de artifício por todo o país. Muita gente também compra seus próprios rojões para fazer shows particulares.
  • Vela com faísca de estrelinha.Outro clássico, o preferido das famílias com crianças.
  • Churrasco. O que é uma festa de 4 de Julho sem o famoso barbecue? Os americanos gostam mesmo é de assar salsichas e hambúrgueres e fazer um belo piquenique no quintal.
  • Desfiles. É comum que a comunidade se reúna para marchar nas ruas comemorando. Vai ter carro alegórico e música, sim. A festa costuma ser seguida por festivais e feiras – com quitutes, passeios e outras atividades.
  • Comida típica. Dia da Independência é dia de cardápio 100% americano. Espere por mac and cheese, cachorro-quente, hambúrguer, carne assada, batata frita e torta de frutas. 
  • Cores da bandeira. O traje vermelho, branco e azul é quase uma unanimidade.

Quais são as melhores cidades dos Estados Unidos para turistas passarem o 4 de Julho?

Embora existam muitas atividades comuns, cada cidade tem suas próprias tradições. Sorte dos viajantes, que podem encontrar festas onde quer que estejam. Que tal considerar uma das seguintes cidades?

Nova York tem a maior queima de fogos. Todos os anos, a Big Apple presta homenagem ao Dia da Independência em grande estilo. O evento principal é um impressionante show pirotécnico sobre o rio Hudson. Bares e restaurantes na cobertura dos edifícios costumam ficar lotados – reserve a mesa com antecedência. Outra opção é fazer um cruzeiro fluvial durante o show. Várias empresas prestam serviços especiais do Dia da Independência, incluindo jantar e dança.

Washington DC promove o desfile do Dia da Independência Nacional. A capital do país tem a parada oficial ao longo da Constitution Avenue, que borbulha de gente. Há uma atmosfera de carnaval, com pessoas de todo o mundo. Além disso, é um ótimo destino para famílias, com muitas atividades e shows para todas as idades.

Chicago comemora com o maior festival gastronômico ao ar livre do mundo.  Além de fogos de artifício, festas e shows, a cidade de Chicago tem uma enorme função gastronômica. O Taste of Chicago Food Festival é um grande evento ao ar livre, onde é possível provar um pouco da melhor cozinha internacional da cidade.

Los Angeles vibra no o AmericaFest no Rose Bowl Stadium. O AmericaFest em Los Angeles combina música, passeios, jogos, artesanato e fogos de artifício. Milhares de pessoas participam do famoso evento a cada ano (os ingressos podem ser adquiridos online). O festival acontece no icônico Rose Bowl Stadium, que tem esse nome por conta das mais de 100 variedades de rosas plantadas ao seu redor.

E aí, bora?

A Travelex Confidence te ajuda a viajar para os Estados Unidos com um portfólio completo.

Seguro viagem com cobertura para casos de Covid-19

Mais de 20 tipos de moeda estrangeira

Transferências internacionais para pagamentos de serviços turísticos, por exemplo.

Cartão pré-pago internacional multimoeda

Câmbio programado (para te ajudar no seu planejamento financeiro!)

Fontes: National Geographic Kids e Reader’s Digest.

Compartilhe esse post.

Fique por dentro

Preencha seus dados e receba as novidades da Confidence Câmbio

    Está pensando em fazer um intercâmbio internacional?

    Confira depoimentos de quem já foi e baixe o nosso e-book com dicas de planejamento financeiro e checklist de documentos para te ajudar a se organizar.

    Está pensando em fazer um intercâmbio internacional?

    Confira depoimentos de quem já foi e baixe o nosso e-book com dicas de planejamento financeiro e checklist de documentos para te ajudar a se organizar.

    Aplicativo Confidence Câmbio

    Pelo App você você recebe notificações quando o dólar, euro, libra, pesos e outras moedas estrangeiras estiverem em queda para aproveitar as melhores cotações. Além disso, com ele você pode comprar sua moeda estrangeira em espécie, recarregar seu cartão pré-pago internacional e fazer transferências internacionais.
    Disponível nas lojas App Store e Google Play Store

    Aplicativo Confidence Câmbio

    Pelo App você você recebe notificações quando o dólar, euro, libra, pesos e outras moedas estrangeiras estiverem em queda para aproveitar as melhores cotações. Além disso, com ele você pode comprar sua moeda estrangeira em espécie, recarregar seu cartão pré-pago internacional e fazer transferências internacionais.
    | MAPA DO SITE | confidence cambio © - todos os direitos reservados - CNPJ: 04.913.129/0001-41 - CONFIDENCE CORRETORA DE CAMBIO S/A - Av. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 105, 5º andar, Edifício Berrini One CEP: 04571-010 • São Paulo • SP • Brasil