As 10 melhores dicas para viajar para o Chile

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5.00/5 - 3 avaliações)
carregandoLoading...

4 min de leitura

Por: Confidence Câmbio • 29 Jul 22

O Chile coleciona pérolas do turismo mundial. Além da vigorosa capital, Santiago, abriga os lagos de Puerto Montt, as ladeiras de Valparaíso, as areias de Viña del Mar, uma generosa porção de Patagônia, o Deserto Do Atacama – sem contar as badaladas estações de esqui (como Valle Nevado e Portillo) e as vinícolas que pontilham a região central. De formato singular, do ventre ao pé da América do Sul, o Chile é como um bom vinho: merece ser apreciado sem pressa, várias vezes. Você precisa viajar para o Chile, seja para a sua primeira ou para a décima visita, mapeamos a nata das atrações e os segredos do nosso exuberante (quase) vizinho.  

1. Documentos: o que levar? 

O Chile não exige visto de entrada de brasileiros – é possível, inclusive, viajar apenas com a carteira de identidade atualizada (habilitação não é aceita, hein?). Mas, vale a pena embarcar com o passaporte em mãos: além de mais seguro, ele pode garantir a isenção de pagamento do IVA, imposto de 19% que incide nas despesas de hospedagem. O turista não paga a taxa se tiver entrado no Chile há menos de 60 dias e quitar o valor em dólar vivo ou cartão internacional. 

2. Sobre moeda e câmbio: como economizar? 

Uma garrafa d’água pode custar quase 2 mil? Sim. Os preços no Chile são sempre cheios de zeros e complicam a conversão. Para dar uma ideia, R$ 1 (BRL 1)  vale mais ou menos 170 pesos chilenos (CLP 170). Se preferir diversificar, saiba que o dólar é amplamente aceito e é uma aposta segura para manter o seu poder de compra no Chile. As casas de câmbio, como a Travelex Confidence, são o melhor lugar para trocar dinheiro, tanto pelas taxas como pela facilidade: dá pra comprar online mais barato e receber em casa, antes da viagem. 

3. A MELHOR época para viajar para o Chile é… 

Você pode explorar o Chile a qualquer momento do ano, a depender do propósito e da cidade de destino da sua viagem. O verão é quente em Santiago – o termômetro dá uma trégua a partir de março. Por lá, outono e inverno são estações chuvosas. Por falar nisso, entre julho e setembro, acontece a temporada de esqui (nessa época, algumas áreas ao sul do país ficam praticamente impenetráveis). A região central é agradável na primavera. 

4. Vai para o Atacama, no Chile? Esta cidade é o MELHOR LUGAR para acessar o deserto 

Quando o oásis verde de San Pedro de Atacama aparece no horizonte árido, é quase como uma miragem. Árvores esguias escondem um destino preparado para atender desde jetsetters abastados a mochileiros. Para além de San Pedro estão vales lunares, vulcões cobertos de neve, dunas de areia, arte rupestre antiga, fontes termais e lagoas cheias de flamingos. Você pode passar uma semana inteirinha por lá e não vai faltar atividade. Quem gosta de superlativos precisa conhecer os gêiseres mais altos do mundo e a maior instalação de astronomia terrestre. 

5. Ilha de Páscoa, cultura polinésia e uma boa dose de mistério 

A Ilha de Páscoa, território chileno, é uma ilha vulcânica remota na Polinésia. É um lugar famoso por guardar 887 estátuas monolíticas: conhecidas como moais, foram criadas pelos habitantes durante os séculos XIII a XVI. O mistério de como o Rapa Nui, antigo povo local, foi capaz de construir e mover estruturas tão maciças fascina os viajantes há décadas. No entanto, a ilha é bem mais do que apenas um museu de arqueologia ao ar livre. Você pode passar uma noite ouvindo música polinésia em um show de dança, cochilar sob as palmeiras na Anakena Beach e jantar ceviche de atum nos restaurantes de Hanga Roa – todos perfeitamente alinhados para o pôr do sol de tangerina sobre o Pacífico. 

6. Dá para conhecer Santiago em um fim de semana (mas se puder, prolongue a estadia) 

Santiago é rodeada por outros destinos fantásticos, com vinhedos, pistas de esqui, lagos e vulcões… por isso, muitas vezes, acaba preterida no roteiro. Aqui vai um conselho: a capital frenética do Chile é uma potência e vale uma estadia caprichada.  Se o orçamento ou o tempo de viagem estão apertados, o jeito é apreciar o básico. Durante o dia, em um passeio pelo Centro, você aprende sobre a história chilena a pé (uma boa dica é começar pela Plaza de Armas); à noite, come em restaurantes estrelados e se diverte no agito de bairros boêmios como Brasil e Bellavista. Na manhã seguinte, você circula por parques; almoça como um legítimo santiaguino no Mercado Central; e termina a tarde em museus (como a linda La Chascona, ex-casa de Pablo Neruda, diplomata e poeta ganhador do Prêmio Nobel de Literatura). 

7. A deliciosa Valparaíso tem uma paisagem inusitada. Não perca! 

A segunda maior cidade do Chile é charmosa como nenhuma outra. Sua popularidade começou a crescer quando o centro histórico (parcialmente destruído por um terremoto no começo do século 20) foi declarado patrimônio da humanidade pela Unesco. As construções em estilo colonial, os bondes elétricos e o porto movimentado arrebatam os corações dos turistas desavisados, que se surpreendem com a belíssima vista das colinas. 

8. Esquiar no Chile é uma experiência inesquecível 

Haja fôlego para acompanhar a temporada de esqui no Chile! São diversas estações, resorts e pistas para iniciantes e iniciados. Portillo, por exemplo, parece apenas um casarão antigo incrustado na Cordilheira dos Andes, mas, na verdade, trata-se do complexo mais radical e bem preservado do país; Três Valles é pertinho de Santiago e abriga centros bem famosos: Valle Nevado (queridinho dos brasileiros, tem até piscina aquecida ao ar livre), El Colorado (o mais popular da região) e La Parva (o preferido da elite chilena).  

9. MELHOR LUGAR para  tomar vinho: Valle de Colchagua 

Wine O’Clock, pessoal! Nenhuma região vinícola do Chile pode competir com o poder das estrelas (e com a infraestrutura turística) do Valle de Colchagua. Ao sul de Santiago, em torno da pequena cidade de Santa Cruz, possui dezenas de resorts de alto padrão, restaurantes requintados e, claro, vinhedos. É considerada uma das zonas agrícolas mais promissoras e os produtores investem em sofisticadas técnicas de manuseio para garantir os rótulos reconhecidos mundialmente. As próprias vinícolas são verdadeiras obras de arte, com salas de degustação repletas de pinturas de milhões de dólares. 

10. A Patagônia das fotos está no Parque Nacional Torres del Paine 

Pesquise na internet por imagens da Patagônia e metade delas será deste parque nacional no sul do Chile, único em beleza e cujos icônicos pináculos de granito passaram a representar toda a região. A maioria dos visitantes faz a trilha de 5 dias ou dorme em um dos luxuosos alojamentos all-inclusive, que oferecem excursões guiadas diárias. Com enormes geleiras, lagos azul-turquesa e a maior concentração de pumas do mundo, é a natureza em estado bruto. 

Fontes: Guia O Melhor de Santiago do Chile (edição impressa), Lonely Planet e Wanderlust
Imagens:  Sernatur/Visit Chile 

Compartilhe esse post.

Fique por dentro

Preencha seus dados e receba as novidades da Confidence Câmbio

    Está pensando em fazer um intercâmbio internacional?

    Confira depoimentos de quem já foi e baixe o nosso e-book com dicas de planejamento financeiro e checklist de documentos para te ajudar a se organizar.

    Está pensando em fazer um intercâmbio internacional?

    Confira depoimentos de quem já foi e baixe o nosso e-book com dicas de planejamento financeiro e checklist de documentos para te ajudar a se organizar.

    Aplicativo Confidence Câmbio

    Pelo App você você recebe notificações quando o dólar, euro, libra, pesos e outras moedas estrangeiras estiverem em queda para aproveitar as melhores cotações. Além disso, com ele você pode comprar sua moeda estrangeira em espécie, recarregar seu cartão pré-pago internacional e fazer transferências internacionais.
    Disponível nas lojas App Store e Google Play Store

    Aplicativo Confidence Câmbio

    Pelo App você você recebe notificações quando o dólar, euro, libra, pesos e outras moedas estrangeiras estiverem em queda para aproveitar as melhores cotações. Além disso, com ele você pode comprar sua moeda estrangeira em espécie, recarregar seu cartão pré-pago internacional e fazer transferências internacionais.
    | MAPA DO SITE | confidence cambio © - todos os direitos reservados - CNPJ: 04.913.129/0001-41 - CONFIDENCE CORRETORA DE CAMBIO S/A - Av. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 105, 5º andar, Edifício Berrini One CEP: 04571-010 • São Paulo • SP • Brasil