Como viajar para fora do Brasil gastando pouco dinheiro? 7 dicas para economizar

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5.00/5 - 2 avaliações)
carregandoLoading...

3 min de leitura

Por: Confidence Câmbio • 10 Jun 22

Planejar as férias é muito mais fácil do que costumava ser há uns anos, não é? E, definitivamente, devemos isso à internet – afinal, fazer uma reserva de hotel, voo ou jantar está a apenas uma pesquisa no Google de distância. Sem contar que, além de melhorar a experiência, isso também barateou as despesas de uma viagem internacional. Explorar lugares mundo afora não precisa custar uma fortuna e nós temos provas! Cuide de cada centavo com as dicas que reunimos aqui e viaje para fora do Brasil gastando pouco dinheiro.

1. Pense primeiro no orçamento, depois no destino (e não o contrário)

A primeira dica para viajar gastando pouco tem a ver com o destino. Em vez de decidir para onde vai e, sem seguida, procurar voos que caibam no seu bolso, inverta o processo de pesquisa. Faça uma lista mais ampla de lugares que gostaria de visitar e deixe que os preços afunilem a escolha. Ao tornar o valor das passagens uma prioridade, você não irá se frustrar com uma despesa exorbitante.

Dica extra! Na hora de comprar os bilhetes, seja tão flexível quanto sua programação permitir. Passagens aéreas no meio da semana e no sábado à noite costumam ser mais baratas.

2. Leve o câmbio em consideração

Uma boa taxa de câmbio antes de viajar para o exterior significa que você terá mais dinheiro para gastar e aproveitar durante as férias. Então, pesquise! O mais vantajoso é comprar a moeda estrangeira aos poucos, garantindo assim um preço médio que vai poupá-lo do humor do mercado. Que tal assinar um alerta de câmbio gratuito? Assim, você recebe por e-mail a cotação, analisa o histórico e consegue identificar boas oportunidades rastreando as taxas ao longo do tempo. Outra opção é usar o Câmbio Programado, que agenda a compra de moeda estrangeira na frequência que desejar e também minimiza os efeitos da variação cambial.

Dica extra! Organize-se com seu dinheiro enquanto viaja. Use um cartão pré-pago internacional para complementar seus meios de pagamento – e para que você tenha dinheiro disponível assim que sair do avião.

3. Viaje na baixa temporada

A época do ano impacta diretamente os custos da sua viagem. Se tiver flexibilidade, tirar férias na baixa temporada ajuda a economizar. Voo, acomodação, tudo fica mais em conta uns dias antes ou depois do pico de visitas. É comum que gerentes de hotéis presenteiem hóspedes com upgrades de quarto – uma chance de ser melhor recebido e conhecer lugares badalados em dias menos frenéticos.

4. Faça um roteiro de viagem

Viajar com uma dose generosa de espontaneidade é uma delícia na teoria. Na prática, pode custar caro. Por mais tentador que possa ser, deixe menos responsabilidade ao acaso, bolando um roteiro que inclua os preços das atrações, passeios e restaurantes que gostaria de conhecer. Você não precisa seguir à risca, mas ele lhe dará jogo de cintura para administrar os custos durante a viagem.

Dica extra! Agende passeios, viagens e experiências que deseja com antecedência para aproveitar eventuais descontos de pré-reserva.

5. Maximize o que você está pagando em hospedagem

Se alugar um apartamento ou dividir um quarto comunitário de hostel não está nos seus planos, existem maneiras de obter um maior retorno de hotéis convencionais. Ao fazer a reserva, preste atenção a benefícios como café da manhã incluso na diária, happy hour e serviço de lavanderia. Mesmo que essas opções não estejam listadas no site, não custa perguntar ao realizar o check-in.

6. Você ainda pode comer bem (e dentro do orçamento)

Comer bem é uma prioridade? Há muitas maneiras de economizar:  se quiser se deliciar com jantares sofisticados, pode compensar com cafés da manhã e almoços mais baratos. Planejar quais refeições você fará em grande estilo permite que você gaste menos. A melhor maneira de descobrir onde está a comida boa, barata e local é perguntando para um morador da cidade ou pedindo sugestões ao concierge do hotel.

Dica extra! Converse com as pessoas que você conhece ao longo do caminho – às vezes, você descobre um restaurante incrível e baratinho. Use um aplicativo de idiomas para ajudá-lo com as possíveis barreiras linguísticas e vá fazer amigos!

7. Não subestime o poder de um seguro-viagem

Ter um seguro-viagem é altamente recomendável – em alguns destinos, é obrigatório. Além de economia, ele vai te dar aquela paz de espírito que não tem preço.

Compartilhe esse post.

Fique por dentro

Preencha seus dados e receba as novidades da Confidence Câmbio

    Está pensando em fazer um intercâmbio internacional?

    Confira depoimentos de quem já foi e baixe o nosso e-book com dicas de planejamento financeiro e checklist de documentos para te ajudar a se organizar.

    Está pensando em fazer um intercâmbio internacional?

    Confira depoimentos de quem já foi e baixe o nosso e-book com dicas de planejamento financeiro e checklist de documentos para te ajudar a se organizar.

    Aplicativo Confidence Câmbio

    Pelo App você você recebe notificações quando o dólar, euro, libra, pesos e outras moedas estrangeiras estiverem em queda para aproveitar as melhores cotações. Além disso, com ele você pode comprar sua moeda estrangeira em espécie, recarregar seu cartão pré-pago internacional e fazer transferências internacionais.
    Disponível nas lojas App Store e Google Play Store

    Aplicativo Confidence Câmbio

    Pelo App você você recebe notificações quando o dólar, euro, libra, pesos e outras moedas estrangeiras estiverem em queda para aproveitar as melhores cotações. Além disso, com ele você pode comprar sua moeda estrangeira em espécie, recarregar seu cartão pré-pago internacional e fazer transferências internacionais.
    | MAPA DO SITE | confidence cambio © - todos os direitos reservados - CNPJ: 04.913.129/0001-41 - CONFIDENCE CORRETORA DE CAMBIO S/A - Av. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 105, 5º andar, Edifício Berrini One CEP: 04571-010 • São Paulo • SP • Brasil