Euro quem?

1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5.00/5 - 3 avaliações)
carregandoLoading...
Veja curiosidades sobre o euro - desktop

4 min de leitura

Por: Confidence Câmbio • 22 Sep

Apesar de a ideia ter surgido da década de 70, a nomenclatura “euro” é usada, oficialmente, desde dezembro de 1995, porém só em janeiro de 1999 a moeda foi introduzida nos mercados financeiros globais (substituindo a ECU, sigla em inglês: European Currency Unit ou Unidade Monetária Europeia, em português) de forma não material. Ainda mais tarde, em janeiro de 2002, notas e moedas físicas entraram em circulação e só no final desse mesmo ano (2002) é que o euro passou a valer mais do que o dólar.

Ainda na linha do tempo do euro, no final de 2009, por conta da crise da dívida pública da Zona do Euro, criou-se o Fundo Europeu de Estabilização Financeira.

Euro real oficial: a Zona do Euro

O euro é a moeda oficial de 19 dos 28 países da União Europeia, e, junto com outros quatro países europeus, forma a tão conhecida Zona do Euro. São eles: Alemanha, Áustria, Bélgica, Chipre, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos e Portugal.

Além dos países europeus, o euro também é utilizado em alguns outros locais que não têm política de moeda própria, como: Andorra, Kosovo, Mônaco, Montenegro, São Marino e Vaticano.

Curiosidade: em Kosovo, o euro passou a ser considerada moeda oficial do país antes mesmo da (um tanto quanto polêmica) declaração da sua independência da Sérvia.

A verdade é que em fevereiro de 1992, todos os 12 países que faziam parte da Comunidade Econômica Europeia celebraram o Tratado de Maastricht (também conhecido como Tratado da União Europeia), que entrou em vigor apenas em novembro de 1993 e, nada mais nada menos, criou a União Europeia, ficando de fora apenas Reino Unido e Dinamarca no que dizia respeito à unificação da moeda. A Suécia, por sua vez, aderiu à União apenas em 1995. O Tratado

O nome “euro” foi ideia do belga German Pirloit, surgida em 1995, e seu valor foi uma resolução do Conselho da União Europeia de dezembro de 1998, ancorado ao ECU.

É importante lembrar que o euro é a segunda maior moeda de reserva e também mais transacionada no mundo, ficando atrás apenas do dólar norte-americano.

A moeda é supervisionada pelo Banco Central Europeu (BCU) e sua cunhagem, impressão e distribuição é responsabilidade de um conglomerado de bancos centrais dos países em que contam com o euro como moeda oficial.

Estão disponíveis cédulas de 5, 10, 20, 50,100 e 200 euros, que contam com diversos mecanismos de segurança para evitar ao máximo fraudes. Além disso, as cédulas de 5, 10, 20 e 50 euros vão crescendo de acordo com seu valor. A partir da nota de 50, todas elas têm o mesmo tamanho.

Curiosidade: o euro conta apenas com duas séries, a primeira desde sua criação até 2013, e a segunda desde então. Cada nota homenageia um estilo arquitetônico encontrado na Europa e em seu verso é possível ver uma representação geográfica da Europa. Veja os estilos arquitetônicos representados nas cédulas:
– €5: clássico
– €10: romântico
– €20: gótico
– €50: renascentista
-€100: barroco e rococó
– €200: arquitetura em ferro e vidro

Além disso, todas as notas mostram a assinatura de um importante representante da economia europeia. São eles: Willem F. Duisenberg, Jean-Claude Trichet, Mario Draghi ou Christine Lagarde – respectivamente, o primeiro, segundo, terceiro e quarto presidentes do Banco Central Europeu.

A crise da dívida pública da Zona do Euro e o Fundo Europeu de Estabilização Financeira

No final de 2009, investidores passaram a ter receio de uma eminente dívida pública decorrente do aumento das dívidas do governo e até mesmo de entidades privadas de alguns estados europeus. Os motivos eram diversos, porém a estrutura da Zona do Euro enquanto união monetária sem a unificação fiscal contribuiu com a crise e ainda limitou a capacidade dos liderem em encontrar solução. A preocupação com a solvência dos sistemas bancários europeus corroborou ainda mais com a situação.

Com as dívidas se intensificando cada vez mais, em maio de 2010, criou-se o Fundo Europeu de Estabilização Financeira (FEEF), que tem autorização para obter financiamento de até EUR 1 bilhão, através da emissão de obrigações em que os membros da Zona do Euro, também chamados de ‘acionistas’ do Fundo, garantem o pagamento dessa dívida. Com essa garantia de quitação, o financiamento é garantido com taxas de juros reduzidas. Esse valor captado é então emprestado aos Estados-membros com taxas um tanto quanto superiores, claro.

Sua missão é garantir a estabilidade no sistema financeiro europeu, por meio de assistências financeiras aos países da Zona do Euro, e seu último auxílio concedido pelo FEEF foi para a Grécia, até junho de 2015. Mas, apesar de não prover mais nenhuma assistência financeira, o FEEF continua operando para receber os pagamentos dos empréstimos feitos, ajustando, claro, os juros.

Enfim, a história pode não ser assim tão simples, mas enviar euro para o exterior ou comprar euro em espécie com a Travelex Confidence é tão fácil e seguro quanto andar de bicicleta com rodinha e capacete! 😉

Compartilhe esse post.

Fique por dentro

Preencha seus dados e receba as novidades da Confidence Câmbio

Está pensando em fazer um intercâmbio internacional?

Confira depoimentos de quem já foi e baixe o nosso e-book com dicas de planejamento financeiro e checklist de documentos para te ajudar a se organizar.

Está pensando em fazer um intercâmbio internacional?

Confira depoimentos de quem já foi e baixe o nosso e-book com dicas de planejamento financeiro e checklist de documentos para te ajudar a se organizar.

Aplicativo Confidence Câmbio

Pelo App você você recebe notificações quando o dólar, euro, libra, pesos e outras moedas estrangeiras estiverem em queda para aproveitar as melhores cotações. Além disso, com ele você pode comprar sua moeda estrangeira em espécie, recarregar seu cartão pré-pago internacional e fazer transferências internacionais.
Disponível nas lojas App Store e Google Play Store

Aplicativo Confidence Câmbio

Pelo App você você recebe notificações quando o dólar, euro, libra, pesos e outras moedas estrangeiras estiverem em queda para aproveitar as melhores cotações. Além disso, com ele você pode comprar sua moeda estrangeira em espécie, recarregar seu cartão pré-pago internacional e fazer transferências internacionais.
| MAPA DO SITE | confidence cambio © - todos os direitos reservados - CNPJ: 04.913.129/0001-41 - CONFIDENCE CORRETORA DE CAMBIO S/A - Av. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 105, 5º andar, Edifício Berrini One CEP: 04571-010 • São Paulo • SP • Brasil