Mercado aguarda Presidente do BC na CAE em meio a exterior positivo

1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5.00/5 - 1 avaliações)
carregandoLoading...

4 min de leitura

Por: Confidence Câmbio • 19 Nov

4 min de leitura

Bolsas europeias e índices futuros das Bolsas de Nova York operam em alta

BRASIL
09:30 BC faz leilão de venda à vista de até US$ 600 milhões e leilão de swap reverso no mesmo montante
11:30 BC faz leilão de contratos de swap cambial em montante equivalente ao que não for vendido do total de US$ 600 milhões no leilão à vista de dólares. Caso venda todo o montante no leilão à vista, esta oferta não ocorrerá

E.U.A.
Sem Destaques

EURO
Sem Destaques

ÁSIA
Sem Destaques

BRASIL
Com dólar fechando ontem no maior patamar desde o Plano Real, mercado aguarda Campos Neto na CAE em meio a exterior positivo
Por Pedro Molizani – Trader Mesa de Câmbio Travelex Bank

A escalada do dólar, que ontem fechou no maior nível da história do Plano Real, a R$ 4,2055 (+0,29%), fica no foco do investidor nesta terça-feira. No acumulado de novembro até ontem, a moeda americana contabiliza alta de 4,90%, porcentual semelhante ao avanço ante o peso do Chile (+4,71%), que está em fase política turbulenta. Por enquanto, o Banco Central não anunciou nenhuma atuação adicional no câmbio e, por isso, o mercado estará atento à participação do presidente do BC, Roberto Campos Neto, em audiência na CAE do Senado. Mesmo com a valorização do dólar ante o real, a curva de juro a termo segue precificando chance maior de corte de 50 pontos-base da Selic em dezembro (71%).

No exterior, o ambiente é positivo, com bolsas em alta e dólar mais fraco ante outras moedas emergentes mesmo diante do vaivém de percepções do mercado em relação às negociações comerciais entre Estados Unidos e China. Em meio a relatos de que o governo chinês está pessimista em relação às chances de um acordo com os EUA, no fim da tarde de ontem, o Departamento do Comércio dos EUA decidiu estender por 90 dias uma licença que autoriza empresas americanas a promoverem transações “específicas” e “limitadas” com a gigante tecnológica chinesa Huawei, e essa notícia fez com que as bolsas de Nova York renovassem recordes de fechamento. No Brasil, a agenda fraca e véspera de novo feriado, o da Consciência Negra, que mantém a B3 fechada, deve deixar os mercados com pouca liquidez. Além disso, o investidor já não deve esperar por mais reformas este ano. O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse ontem que a reforma administrativa “não sai tão cedo”, como já havia sinalizado um dia antes o presidente Jair Bolsonaro. Mais cedo, ontem, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), colocou água fria em relação à reforma tributária, mostrando descrença de que uma proposta menos robusta, com unificação apenas de PIS/Cofins possa passar este ano.

O foco vai ficando cada vez mais na agenda do ano que vem. O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, admitiu na noite desta segunda-feira que o governo tem até junho ou julho do ano que vem para aprovar medidas econômicas. “Depois disso, teremos eleições municipais, e historicamente o Parlamento reduz a sua atividade”, afirmou, em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura. Sobre a proposta de taxação de 7,5% no seguro-desemprego, ele disse que essa tributação não significa “tirar dinheiro” dos desempregados, mas sim promover a “inclusão previdenciária”. A pressa do Congresso ou de alguns parlamentares agora parece ser a PEC da prisão de réus após segunda instância após o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ter sido libertado. A PEC pode ser votada, hoje, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Câmara.

MUNDO
Exterior positivo

Por Pedro Molizani – Trader Mesa de Câmbio Travelex Bank
As bolsas europeias e os índices futuros das Bolsas de Nova York operam em alta nesta manhã, após as perdas de ontem, reagindo à ampliação por 90 dias da Licença Geral Temporária (LGT) que autoriza empresas americanas a promoverem transações “específicas” e “limitadas” com a gigante tecnológica chinesa Huawei.

Além disso, o presidente americano Donald Trump, disse que teve uma conversa “cordial” com o presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, em que falaram sobre juros, câmbio e comércio global, incluindo a China, o que foi visto por analistas como uma boa sinalização para o mercado e que poderia apontar no sentido de que a política permaneceria acomodatícia. Às 7h21, a Bolsa de Londres subia 1,13%, a de Frankfurt avançava 1,19% e a de Paris se valorizava 0,58%. Nos mercados futuros de Nova York, Dow Jones ganhava 0,40%, S&P500 subia 0,30%, e Nasdaq avançava 0,41%. As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta terça-feira, em meio a persistentes dúvidas quanto ao andamento das negociações entre Estados Unidos e China para selar um acordo comercial preliminar.

O índice japonês Nikkei caiu 0,53% em Tóquio e o sulcoreano Kospi recuou 0,34% em Seul. Na China, os mercados se valorizaram em meio a expectativas de que o banco central chinês (PBoC) reforce sua política de estímulos, após cortar ontem o juro para operações de recompra reversa de sete dias pela primeira vez em mais de quatro anos. O Xangai Composto subiu 0,85% e o Shenzhen Composto avançou 1,83%. Em Hong Kong, o Hang Seng subiu 1,55%. Na Oceania, a Bolsa de Sydney se recuperou de perdas de ontem após o BC do país sinalizar que poderá voltar a cortar juros. O índice S&P/ASX avançou 0,70% hoje.

Fonte: Broadcast

Compartilhe esse post.

Está pensando em fazer um intercâmbio internacional?

Confira depoimentos de quem já foi e baixe o nosso e-book com dicas de planejamento financeiro e checklist de documentos para te ajudar a se organizar.

Está pensando em fazer um intercâmbio internacional?

Confira depoimentos de quem já foi e baixe o nosso e-book com dicas de planejamento financeiro e checklist de documentos para te ajudar a se organizar.

Fique por dentro

Preencha seus dados e receba as novidades da Confidence Câmbio

Aplicativo Confidence Câmbio

Pelo App você você recebe notificações quando o dólar, euro, libra, pesos e outras moedas estrangeiras estiverem em queda para aproveitar as melhores cotações. Além disso, com ele você pode comprar sua moeda estrangeira em espécie, recarregar seu cartão pré-pago internacional e fazer transferências internacionais.
Disponível nas lojas App Store e Google Play Store

Aplicativo Confidence Câmbio

Pelo App você você recebe notificações quando o dólar, euro, libra, pesos e outras moedas estrangeiras estiverem em queda para aproveitar as melhores cotações. Além disso, com ele você pode comprar sua moeda estrangeira em espécie, recarregar seu cartão pré-pago internacional e fazer transferências internacionais.
| MAPA DO SITE | confidence cambio © - todos os direitos reservados - CNPJ: 04.913.129/0001-41 - CONFIDENCE CORRETORA DE CAMBIO S/A - Av. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 105, 5º andar, Edifício Berrini One CEP: 04571-010 • São Paulo • SP • Brasil