Como planejar um mochilão pela China

A China tem sido um destino muito procurado por mochileiros. Saiba como planejar a sua viagem!

29 nov 2018 1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas
Carregando...

A definição de mochilão não é exata, mas é certo que economia é a palavra que une todos os turistas que optam por esse tipo de viagem. Economia não só para viajar usando poucos recursos financeiros, mas também no sentido de encarar o desafio de conhecer outro país com uma quantia de dinheiro considerada suficiente para sobreviver, sem esbanjar.

A China é um dos principais destinos turísticos do continente asiático. O país de dimensões continentais abriga 1,4 bilhão de habitantes e preserva uma cultura milenar, além da infinidade de atrações turísticas, como a Muralha da China e a Cidade Proibida.

Um mochilão pela China exige um planejamento mais cuidadoso. Fizemos o post de hoje para te ajudar a planejar sua viagem.

 

mochilão pela china

 

 

 Qual moeda levar?

 

O Iuan é a moeda oficial da China e você pode comprá-lo em nossa Loja Online ou pelo app Confidence Câmbio disponível para Android ou iOS. Vale a pena consultar disponibilidade para sua região!

É importante frisar que os estabelecimentos chineses raramente aceitam métodos de pagamento além do dinheiro em espécie. É de extrema importância que você sempre tenha dinheiro vivo em mãos.

Aconselhamos sempre a viajar com mais de uma opção de pagamento. Além do dinheiro em espécie que vai custear a grande maioria das suas despesas durante o mochilão pela China, é importante ter com você o cartão de pré-pago internacional para casos de emergência.

O cartão pode ser usado para fazer saques em caixas eletrônicos credenciados. Consulte se existem caixas eletrônicos disponíveis nas cidades que farão parte do seu roteiro.

 

Roteiro

 

Leve em consideração que a China é um país muito grande. Seu tamanho chega a cerca de 9,5 milhões de km². É necessário muito tempo de viagem para conhecer o país inteiro.

A melhor dica para montar o seu roteiro para um mochilão pela China é pesquisar com antecedência quais cidades e pontos turísticos você quer conhecer. Certamente, você aproveitará melhor a viagem se planejar passeios pelas cidades e províncias próximas umas às outras. Isso evita o desgaste em traslados de grande duração e garante mais tempo para conhecer os lugares.

 

mochilão pela china

 

 

Visto

 

A permissão para entrar em território chinês é um visto concedido pelos consulados ou pela embaixada do país. Eles são categorizados nas modalidades turismo, negócios ou trabalho estendido e podem ser de uma a três entradas. Para o mochilão pela China, o melhor é o visto de turismo.

O primeiro passo para tirar o visto é levar toda a documentação necessária para o consulado chinês. Pode ser você pessoalmente ou alguém em seu nome, sem a necessidade de marcar horário.

Lista dos documentos necessários:

  • Formulário principal preenchido e assinado. Acesse aqui o formulário!
  • Foto 3×4 recente, colorida com fundo branco.
  • Passaporte com validade superior a 6 meses.
  • As reservas de passagem (ida e volta).
  • Comprovante de reserva de todos os hotéis onde for ficar.

Apresentar os comprovantes de estadia implica na necessidade de fechar antecipadamente com todos os hotéis – por isso é fácil encontrar relatos de estadias em hotéis por quem já vivenciou a experiência de um mochilão pela China.

Depois de apresentar os documentos, você receberá uma guia que precisa ser paga diretamente no caixa de uma agência do HSBC, o consulado não aceita outras formas de pagamento para essa taxa. Após quatro dias úteis, você pode retirar o visto tendo em mãos a guia, junto ao comprovante de pagamento.

 

mochilão pela china

 

 

Deslocamento pelo país

 

De um modo geral, o transporte público chinês é razoavelmente acessível, eficiente e rápido. Passagens de trem devem ser compradas com até três dias de antecedência. Não há problemas em comprar as passagens de ônibus em cima da hora.

Claro que você também pode viajar de avião dentro da China. O problema é que os sites chineses não costumam aceitar cartões de crédito internacionais. A solução nesse caso seria contratar o serviço de uma empresa terceirizada que faz todo esse processo, aceita pagamento via cartão de crédito internacional, mas cobra uma taxa.

E aí? Gostou do nosso post? Aproveite para ler também as nossas dicas sobre câmbio e meios de pagamento de acordo com o seu perfil de viajante.

#china #mochilão #mochilãonachina #viageminternacional
As mais lidas

Seu e-mail não será publicado. *Campos obrigatórios

Categorias

Conecte-se a nós

Tags