Você sabe a Diferença Entre Swift, BIC e IBAN? A Gente Explica.

Entenda qual é o significado por trás dos códigos utilizados para transferências e pagamentos internacionais

08 jun 2017 1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas
Loading...

Quando vamos fazer transações internacionais, nos deparamos como alguns códigos importantes. Saiba o que é SWIFT, BIC e IBAN

 
Quando você procura uma corretora de câmbio para fazer uma transferência internacional, percebe que em meio às transações surgem alguns códigos, como IBAN, SWIFT ou BIC.

Aqui na Confidence Câmbio a gente quer que nossos clientes entendam tudo sobre o significado destes códigos para realizarem suas operações com segurança e tranquilidade.

Então vamos te explicar agora o que são eles, onde se aplicam e a real importância de cada um.

Primeiro, vale destacar que as siglas dizem respeito a um sistema internacional de identificação dos bancos, que permite a percepção imediata e padronizada de dados na hora de realizar uma transação bancária entre países que não falam o mesmo idioma.

Assim, para que não restem dúvidas, foi estabelecido um padrão universal, visando facilitar o trabalho de transferências.
 

Vamos começar? Veja abaixo os códigos usados em operação de câmbio:

O que é o IBAN?

 
A sigla IBAN significa International Bank Account Number (ou “Número Internacional de Conta Bancária”, em tradução direta para o português).

Inicialmente, esse código foi desenvolvido para facilitar as transferências bancárias entre países da União Europeia.

Ele foi criado em 1997 e, de lá para cá, teve a sua utilização expandida. Hoje, um total de 69 países utilizam a nomenclatura IBAN em suas transações.

O IBAN é composto, no máximo, por 34 caracteres.

No Brasil, a quantidade total de caracteres é de 29 e, a regulamentação do uso do IBAN foi publicada em 2013 por intermédio do Circular número 3.625 do Banco Central.

Assim, o IBAN se tornou o padrão de identificação para fins de transferências internacionais de recursos para contas bancárias mantidas no Brasil.

Ou seja, as instituições financeiras (bancos) devem sempre fornecer esse número de identificação aos clientes quando solicitado o serviço de transferência internacional. Vejamos a composição do IBAN, no Brasil:
 

Como funciona o código IBAN, no Brasil?

 
Apenas para exemplificar, vejamos como está composto o IBAN da Confidence Corretora de Câmbio S.A., ou seja, trata-se do código que representa a conta da Confidence Corretora junto ao Banco Confidence de Câmbio S.A.:

BR0811703662000190000001001C1

BR: código do país

08: 2 dígitos verificadores

11703662: 8 caracteres numéricos correspondentes ao identificador da instituição financeira – ISPB, conforme lista de participantes do STR divulgada no sítio do Bacen

00019: 5 caracteres numéricos correspondentes à identificação da agência bancária (sem dígito verificador)

0000001001: 10 caracteres numéricos correspondentes ao número de conta do cliente (com dígito verificador)

C: 1 caractere alfanumérico correspondente ao tipo conta, conforme dicionário de tipos do Catálogo de Mensagens e de Arquivos do SFN

1: 1 caractere alfanumérico correspondente à identificação do titular da conta, de acordo com a ordem na listagem de titulares*

* sendo “1” para o primeiro ou único titular, “2” para o segundo titular, “A’ para o décimo titular, e assim por diante, utilizando os caracteres alfabéticos de “A” a “Z” (incluindo “K”, “Y” e “W”) para os titulares a partir do décimo.
 
Veja o exemplo de uma conta do Banco Confidence, no exterior:

O Banco Confidence de Câmbio S.A. tem uma conta em Euros com o CAIXABANK, Barcelona-Espanha e, em se tratando de uma conta com um banco localizado na Comunidade Europeia (Barcelona, Espanha), a conta é identificada pelo IBAN ES4421000566510900078546

Na Espanha, códigos IBAN começam com as letras ES, seguidas por dois dígitos de controle, código bancário de quatro dígitos, um número de agência de quatro dígitos, um número de conta de doze dígitos. Confira o exemplo:

ES: código do país

44: dígitos de controle

2100: código do banco

0566: código da agência

510900078546: número da conta
 

O que é SWIFT ou BIC?

Os termos SWIFT e BIC tem a mesma função.

 
O código SWIFT  foi, na verdade, instituído pela norma ISO 9362 e, trata-se de um código que pe gerido pela Society for Worldwide Interbank Financial Telecommunication (ou, em tradução direta, “Sociedade para as Telecomunicações Financeiras Interbancárias Mundiais”), cuja sigla é SWIFT.

Já o termo BIC é uma sigla para Bank International Code (ou “Código Internacional Bancário”, em tradução direta).

A finalidade dos códigos SWIFT e BIC é identificar uma instituição bancária por meio de um código universal único, que pode ter entre 8 e 11 caracteres.

Esses códigos existem para facilitar as transações financeiras entre bancos, especialmente quando estamos falando de transferências internacionais.

Os bancos podem ter mais de um código SWIFT ou BIC, para que cada região de atuação seja indicada de forma individual.
 

Como funciona o código SWIFT ou BIC?

 
Como já mencionamos, trata-se de um código cujo número de caracteres varia entre 8 e 11.

A sua estrutura é subdivida em quatro partes, visando indicar o código do banco, do país, da região e da filial. Vamos a um exemplo para compreender melhor:

O Código SWIFT ou BIC do Banco Confidence é: BKCOBRSPXXX

Ou seja:

BKCO: Esse é o código que identifica o banco em questão. Nesse caso, o Banco Confidence de Câmbio S.A. (BK, do Inglês Bank + CO, de COnfidence);

BR: Essa segunda parte indica o país de origem do banco, nesse caso o Brasil

SP: A terceira parte do código indica a cidade ou a região a qual o banco representa. Nesse caso, as letras SP indicam São Paulo.

XXX: Por fim, a última parte do código indica o número da agência, especificando de qual unidade bancária. Mas como o Banco Confidence não possui agências, somente a matriz, o código é encerrado sem a necessidade do número: BKCOBRSP

Você pode pesquisar os códigos SWIFT ou BIC de uma agência bancária diretamente no site da SWIFT, neste link (em inglês).
 
Simples, não é mesmo?
 
A ideia por trás de todos esses códigos é uma só: tornar mais simples a identificação das transferências internacionais de dinheiro.

A padronização dos caracteres permite que pessoas que não falam o mesmo idioma possam dar continuidade às transações apenas olhando os códigos.

Isso diminui os erros e facilita a vida dos agentes financeiros, como um banco, uma financeira ou uma corretora de câmbio.

 
Conte conosco para fazer suas remessas e pagamentos internacionais. Se tiver mais alguma dúvida, comente nesse post que nossos especialistas estão à disposição para ajudar e descomplicar as suas operações de câmbio!

Boas operações e até a próxima!

 

bic iban pagamento internacional remessa internacional swift transferência internacional
As mais lidas
15 Commentários
  • Caroline 06/19/2017 16:38

    Bem informativo!
    Adorei!

  • Eva 10/26/2017 19:03

    Boa noite eu estou ah espera de uma transferência da Grécia e eles tiveram de fazer uma conta swift é normal sermos nós a pagar essa conta

    • Grupo Confidence 10/30/2017 16:59

      Eva, tudo bem?

      Vale explicar aqui que o swift é um canal (“meio de comunicação”), seguro e eficiente que funciona como via de comunicação entre os bancos na esfera Global (internacional).

      Pelo seu comentário, acreditamos que o pagador no exterior (Grécia) foi até o seu banco e contratou os serviços bancários para efetuar a remessa a favor da cliente no Brasil. Sendo assim, o banco na Grécia deve ter cobrado uma tarifa pelos serviços bancários demandados pelo remetente/originador.

      Por se tratar de “serviços bancários”, é natural que os bancos cobrem tarifas pelos serviços solicitados por seus clientes e, nesse caso, a remessa swift pode ser vista de forma similar a uma TED aqui no Brasil, por exemplo.

      Acreditamos que o remetente dessa remessa decidiu não arcar com as despesas bancárias impostas pelo banco na Grécia e, dessa maneira, determinou ao banco Grego que fizesse a dedução do valor a ser remetido ao beneficiário, no Brasil.

      Caso ainda tenha dúvidas podemos te ajudar, mas será necessário obter outros detalhes sobre o caso para analisarmos e esclarecermos melhor.

      Até a próxima.

  • Fernando goncalves 11/16/2017 09:14

    Estou a espera de uma transferência de Londres , se ou ver algumas despesa eles já cobram na fonte ou vão enviar em meu nome para o Brasil …

    • Confidence Câmbio 11/22/2017 09:52

      Nossa experiência com as remessas recebidas do exterior sinaliza que as tarifas bancárias são deduzidas, no exterior, pelos bancos que lhes dão origem.
      Portanto, a Confidence Câmbio sempre disponibiliza, ao beneficiário, o valor líquido total recebido do exterior.

  • Diogo Jacintho 11/18/2017 22:28

    Existem alguns sites com geradores de codigo Bic e Iban.
    Posso confiar nestes números para receber minhas transferências internacionais?

    • Confidence Câmbio 11/22/2017 09:53

      Não recomendamos.
      Por se tratar de informação fundamental para solicitar ou instruir transferência de dinheiro, nós da Confidence recomendamos que o favorecido da remessa sempre contate o seu banco e obtenha o BIC e o IBAN da sua conta.
      Lembramos que, o BIC é o código SWIFT que representa a “identidade” dos Bancos no Sistema Internacional de Remessas, ao passo que, o IBAN representa a conta favorecida a ser creditada.
      Portanto, qualquer erro no BIC poderá retardar ou impedir que o dinheiro chegue ao banco destinatário (onde a conta é mantida), assim como, qualquer divergência na composição do IBAN impedirá o crédito na conta favorecida.

  • Ronaldo Rosa 01/11/2018 11:38

    Sei que o SWIFT eh uma plataforma de transferência de recursos internacionais. O IBAN também eh uma plataforma? Vocês podem explicar o que são transferência Server to Server? Alguém faz no Brasil?

  • Eliana priscila nunes 01/18/2018 00:07

    Estou precisando enviar dinheiro para um parente em angola; mas ele so foreneceu so o bic e o iban; com esses dois códigos eu consigo fazer a transferência ou tem que ter tbm o swift

  • Rosane 03/18/2018 14:25

    Como faço para adquirir o IBAN e o SWIFT? ? Estou no Brasil e um amigo quer fazer a transferência pra mim da Noruega, mas estou sem saber como faço minha conta é da caixa econômica. Obgd

  • Cibele 03/23/2018 11:36

    Qual o comprovante é emitido destas transações pelo swift? Como posso saber qual a data em que o valor chegou no exterior?

    • Confidence Câmbio 03/28/2018 10:35

      Cibele, como vai?
      O comprovante da remessa internacional é o próprio comprovante SWIFT, que pode ser acessado vai Internet Banking. As remessas são creditadas no exterior em até 48 horas.

  • Carine 03/28/2018 14:39

    O que significa RIB em relação a transferência bancária internacional ? Eles me pedem um cód RIB e ninguém sabe me dizer o que significa .

    • Confidence Câmbio 04/02/2018 18:35

      O Codigo RIB é utilizado na França como identificação bancária, como o código IBAN.
      Trata-se do número da conta.

Seu e-mail não será publicado. *Campos obrigatórios

Categorias



Simulador de Câmbio

Carregando...

Escolher Moeda
  • Escolha uma das moedas abaixo:

Quero saber mais

Conecte-se a nós

Tags