6 passos para planejar a sua primeira viagem internacional

Se organizar direitinho, tudo dá certo!

02 ago 2018 1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas
Carregando...

A primeira viagem internacional a gente nunca esquece. Será que a mala está realmente pronta? Será que vai dar tempo de fazer a conexão? O visto está ok? O dinheiro vai dar? Antes de embarcar, a ansiedade toma conta, por isso o planejamento é essencial.

Se você está organizando sua primeira viagem internacional, certamente está ansioso e curioso para saber como se planejar, não é mesmo?

Para garantir uma experiência única e sem imprevistos, preparamos um guia prático para judar seu planejamento. Pronto para começar?

 

1.  Documentos

 

  • Passaporte

O passaporte é o documento mais importante para qualquer viagem internacional. Nesse caso, é importante se atentar aos prazos, já que em algumas situações a emissão pode demorar mais de um mês.

Caso tenha o passaporte há algum tempo, é válido checar a data de validade dele. Atenção: alguns países, como os Estados Unidos, exigem validade do passaporte de pelo menos seis meses. É bom estar atento!

 

  • Visto

O visto é uma permissão para entrada emitida pelo país para onde você vai viajar. O destino para onde deseja ir precisa de visto? Verifique isso também! Se houver a necessidade desse documento, ele tem de estar válido no seu passaporte. É o caso dos Estados Unidos, Japão e China, por exemplo. Mesmo que você faça apenas uma conexão lá, você vai precisar do visto.

Para saber se o país para o qual você vai precisa de visto, basta acessar o Portal do Itamaraty.

 

  • Vacinas

Alguns países exigem também um certificado de vacinação internacional contra algumas doenças. Como cada país tem suas regras, o recomendado é entrar em contato com o Consulado ou com a Embaixada do país para o qual você pretende viajar.

 

  • Impressão da reserva e impressão da passagem

Há também dois fatores importantes: A impressão da sua reserva de hotel e a impressão da sua passagem de volta.

No momento do check in, é possível que perguntem para você em qual endereço que você vai ficar. Se você não se recordar do endereço, basta mostra o papel da reserva que tudo estará resolvido.

Já o documento que mostra a sua data de retorno vai te ajudar muito na hora da passar pela Alfândega, um posto que controla quem entra no país e porquê. Quando você chegar nos guichês, você pode simplesmente mostrar o papel da passagem de volta para ser liberado com mais rapidez.

 

  • Seguro viagem

O seguro viagem faz parte da relação dos documentos importantes. Observe se o ele inclui todos os recursos de que você precisa, de acordo com o objetivo da sua viagem. Se você for praticar um esporte radical, vale checar se o seguro cobre essa modalidade. Na Confidence Câmbio oferecemos o Seguro do Viajante. Para saber mais fale com um de nossos especialistas.

Para evitar imprevistos, você pode tirar cópias das suas passagens aéreas, reservas de hotel e contato de parentes no Brasil ou no exterior. Apenas por precaução, não deixe de levar o seu RG!

 

2.  Hospedagem

 

A hospedagem vai depender muito do estilo de viajante que você é. Caso seu estilo seja de um mochileiro, que vai passar por vários países, você pode buscar por hospedagens mais baratas em hostels, pequena pensões que costumam sair mais em conta, no site da HostelWorld.

Você também pode fazer buscas em sites de compartilhamento e aluguel de casas e apartamentos, como Booking.com ou Airbnb. Você pode reservar locais para toda a temporada ou para dois ou três dias, é só escolher as datas.

 

3.  Bagagem de mão e mala despachada

 

A bagagem de mão é um item muito eficiente nas viagens. Porém, quando o destino é fora do país, é importante lembrar que você provavelmente vai passar algumas horas na fila dentro do aeroporto com essa mala nas mãos.

O ideal mesmo é levar uma mala de mão com rodinhas. Lembrando que o peso da mala deve ser de até 5kg. A mala despachada pode ter até 32kg. Normalmente é permitido levar duas malas de 32kg, mas essa regra se aplica para voos que saem do Brasil. Do contrário, você pode levar duas malas de 23kg.

Fique atento a essa questão, já que volume excedente de bagagem custa muito caro. Para saber o que pode ser levado na bagagem de mão e o que deve ser despachado, consulte a sua companhia área, que geralmente fornece uma lista completa com essas informações.

Uma muda de roupas e pelo menos a sua escova de dentes não podem faltar na sua mala de mão, já que nem sempre a mala despachada chega junto com você. Fique atento também ao clima do local de destino, lembre-se que as estações são invertidas no Hemisfério Norte. Se você sair do Brasil em dezembro, provavelmente estará calor. Ao chegar nos Estados Unidos, por exemplo, pode encontrar um inverno rigoroso.

Outra boa dica é fazer uma lista com todos os pertences que você colocou na sua mala que será despachada, assim, em caso de extravio, você pode recorrer à companhia aérea.

 

4.  Líquidos

 

Não é permitido carregar líquidos em frascos que excedam 100ml. Preocupado com os cremes, perfumes, soro pra lente de contato? Você pode levar até 1L de líquido, se distribuir em 10 potinhos de até 100ml. É importante ressaltar que esses potinhos devem estar armazenados em uma bolsinha transparente, que precisa obrigatoriamente estar lacrada.

 

5.  Dinheiro

 

O mais recomendado para evitar imprevistos é escolher mais de uma forma de levar seu dinheiro para a viagem. Assim, se houver perda ou roubo, você ainda tem recursos para curtir os passeios.

Divida o dinheiro em duas formas de pagamento. Pode ser um pouco em espécie e o restante no cartão pré-pago internacional, por exemplo. Para te auxiliar com esse assunto, nós criamos um post com várias informações. Confira os melhores meios de pagamento para aproveitar sua primeira viagem internacional.

A dica para saber quanto de dinheiro você vai precisar é calcular o quanto você vai gastar por dia com as necessidades básicas (alimentação, transporte, entradas em passeios que você já se programou para ir etc). Verifique se o hotel tem café da manhã, pense em qual tipo de transporte você vai usar (metrô, táxi…), veja se você pretende passar em outlets, comprar eletrônicos, presentes ou trazer encomendas dos amigos e familiares. E reserve uma quantia pequena para possíveis imprevistos. Em questão de dinheiro, tudo vai depender muito de como vai ser o estilo da sua viagem.

 

6.  Outros itens importantes

 

Não se esqueça do carregador de celular! Nos aeroportos e avião você consegue carregar seu smartphone. Os fones de ouvido são essenciais também.

Se atente quanto ao fuso horário, já que é normal fazer confusão com os horários dos voos nos países de destino. Calcule tudo certinho para não perder o embarque.

Se for trazer souvenires e lembrancinhas para eternizar os melhroes momentos da viagem, não se esqueça de remover tudo da caixa, para evitar peso desnecessário na bagagem.

Não se esqueça também de traçar o roteiro de passeios e lugares que você queria visitar. Peça dicas para quem já visitou os lugares e compartilhe experiências.

Veja aqui mais dicas sobre como planejar uma viagem internacional. Aproveite para conferir nossas dicas e faça uma viagem inesquecível.

#planejamento #planejamentodeviagem #primeiraviagem #viageminternacional primeiraviageminternacional
As mais lidas
1 Comentário
  • Luiz Fernando Vale 08/07/2018 08:30

    Posso usar o cartão pre pago para fazer reserva em hoteis em New York

Seu e-mail não será publicado. *Campos obrigatórios

Categorias



Simulador de Câmbio

Carregando...

Escolher Moeda
  • Escolha uma das moedas abaixo:

Quero saber mais

Conecte-se a nós

Tags