Chat

Como planejar uma viagem para o Japão? 6 dicas para te ajudar

07 out 2019 1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas carregandoCarregando...

Muitas pessoas têm o sonho de realizar uma viagem para o Japão, mas não sabem como começar a se planejar para isso. De fato, muitas dúvidas são levantadas, principalmente, por ser uma viagem tão longa: quais lugares devem ser visitados, quais documentos são necessários para a viagem, qual a quantidade de dinheiro devemos levar, como adquirir ienes (moeda local do Japão) e assim por diante.

Com intuito de responder essas dúvidas, neste post vamos te dar seis dicas de como planejar sua viagem, além de apresentar as razões pelas quais o Japão é um país que vale muito a pena ser visitado.

Por que viajar para o Japão?

Devido à quantidade de países que podem ser escolhidos para sua viagem, talvez o Japão não tenha sido o primeiro a passar pela sua mente. Por isso, confira os motivos que tornam esse nação atraente para uma viagem.

Conheça uma rica diversidade

O Japão proporciona uma experiência de vida riquíssima, já que conta com cenários contrastantes que se harmonizam perfeitamente, como paisagens bucólicas e cidades efervescentes, arranhas céus e casas de madeira, luzes de neon e monumentos históricos.

Desfrute de uma culinária esplêndida

A gastronomia é outro aspecto muito convidativo para a visita. Os restaurantes japoneses oferecem uma variedade de pratos e ingredientes que vão muito além dos sushis e sashimis, que se popularizaram no Brasil. É normal encontrar pratos que utilizam ingredientes pouco comuns no Brasil, como o saquê, o missô, Dashi e outros.

Visite templos de outras religiões

O Japão também abriga templos incríveis, erguidos para cultuar as suas principais religiões: o Xintoísmo e o Budismo. As construções desses lugares sagrados são diferenciadas e constituem uma arquitetura que não encontramos nas igrejas ocidentais, por exemplo. Ademais, visitar esses templos pode ser uma ótima oportunidade para dar uma pausa no agito das cidades e dedicar tempo para contemplação e meditação.

Aprecie a hospitalidade dos japoneses

Mesmo com a completa mudança no idioma, o turista que escolhe o Japão como destino encontrará muita hospitalidade por parte do povo japonês. Apesar de o Japão ser o 14º país em proficiência na língua inglesa, o idioma é apenas o quarto mais falado no território, de acordo com informações do site Suki Desu, especialista na cultura japonesa.

A maior parte dos japoneses não fala fluentemente o inglês, no entanto, eles são muito prestativos e frequentemente aceitam dar uma pausa em suas atividades cotidianas para auxiliar um estrangeiro que precise de um suporte.

Aproveite a segurança e a eficiência dos transportes

Outra razão para se visitar o Japão é a segurança que o país oferece. É possível caminhar pelas ruas à noite sem preocupação, pois De acordo com o G1, em 2018, o Japão obteve o 9º melhor Índice Global da Paz. Além disso, de acordo com a mesma matéria, a segurança pública conta com suporte de 290 mil policiais, que estende a proteção aos turistas.

Além da segurança, o país também oferece uma rede de transportes eficiente. É possível ir a qualquer lugar das grandes cidades, como Tóquio e Quioto, via ônibus ou metrô. Já os táxis, apesar de serem bastante seguros, são mais caros. O turista pode adquirir também o JR PASS, que dá acesso ao famoso trem-bala e pode ter validade de 7, 14 ou 21 dias. O site da Embaixada do Japão no Brasil pode ser uma ótima fonte de pesquisa.

Como planejar uma viagem para o Japão?

É comum surgir dúvidas sobre como planejar uma viagem, e com o Japão não é diferente. Por isso, separamos seis dicas excelentes para auxiliar seu planejamento. Confira!

1. Compre as passagens antecipadamente

Quando você decidir fazer uma viagem para o Japão, é importante acompanhar, por um período, os preços das passagens aéreas. O ideal é não comprar com pressa, mas ir acompanhando as promoções que surgem.

Outra dica é estar atento às escalas, já que não existem voos diretos para o Japão. Geralmente as companhias aéreas oferecem rotas que passam pelos Estados Unidos ou Emirados Árabes. Em ambos os casos, é necessário atentar-se à necessidade de adquirir um visto em trânsito para poder entrar nesses países.

2. Elabore um roteiro prévio

Antes de adquirir o visto, você ainda deverá elaborar um itinerário com todas as cidades que pretende visitar e as hospedagens que serão utilizadas. Esse roteiro será exigido pelas autoridades japonesas quando o visto for solicitado.

Além disso, planejar antecipadamente um itinerário também ajudará na organização da viagem. Existem sites específicos que podem ajudar nessa etapa. Dessa forma, é possível estabelecer um tempo ideal de estadia em cada cidade.

Não se esqueça que cada estação do ano oferece atrativos diferentes e devem ser levados em conta. Por exemplo, a primavera japonesa, que ocorre entre os meses de março a maio, é a época mais procurada e, portanto, mais cara para visitar o país. Este é o período em que as famosas cerejeiras florescem e o clima é mais ameno; não muito frio nem muito quente.

Durante o planejamento, atente-se também à necessidade de adquirir um chip internacional para celular. A viagem fica ainda melhor quando compartilhada com quem gostamos, não é mesmo?

3. Atente-se aos documentos necessários para a retirada do visto

Com as passagens compradas e o itinerário previamente decidido, já é possível solicitar o visto para a entrada no país. Para viagens de curta duração, existem três tipos possíveis: o de única entrada, duas entradas e múltiplas entradas. No site da Embaixada do Japão no Brasil, é possível encontrar qual visto tirar de acordo com cada necessidade.

Em geral, os vistos podem ser retirados em consulados do Japão no Brasil. Basta comparecer em um deles, pagar uma taxa e apresentar os seguintes documentos:

4. Liste palavras-chave que serão usadas com frequência

Para facilitar sua estadia, procure aprender palavras que vão além do “sayonara” e “arigatou”, bastante conhecidas pelos brasileiros. Assimile expressões que você terá que usar com frequência nos pontos turísticos e no comércio, por exemplo. Como mencionamos, os japoneses são muito prestativos e têm consciência de que sua língua materna é difícil de ser aprendida. Dessa forma, os estrangeiros que iniciam um diálogo com palavras japonesas são bem-vistos.

5. Acompanhe dicas de quem já visitou o país

Siga blogs ou canais no YouTube de pessoas que já viajaram para o Japão. Por meio dessas plataformas, você poderá conhecer os melhores lugares para serem visitados, além de receber dicas sobre hospedagens, transportes, restaurantes etc.

Vale lembrar que o Japão é um país com uma cultura bastante diversa e com tradições milenares. Antes de visita-lo é importante entender um pouco sobre seus costumes com quem já passou por lá.

6. Comprar Ienes com antecedência

A melhor forma de adquirir a moeda local japonesa, o iene, por preços mais baratos é se planejar. Quem opta por comprar a moeda apenas no momento da viagem, no aeroporto, certamente pagará um valor elevado e poderá trocar apenas dólares por ienes. Por isso, o recomendável é comprar a moeda por meio de casas de câmbio, onde é possível trocar o real pelo iene e com a antecedência que desejar.

Como comprar ienes?

Para comprar ienes, você pode começar procurando por casas de câmbios que oferecem as taxas mais atrativas. Porém, saiba que, além das taxas mais reduzidas do que as oferecidas em aeroportos, essas instituições oferecem diversas praticidades.

Por meio das casas de câmbio é possível comprar moeda via internet, podendo ser buscadas em lojas físicas ou entregues no local de sua preferência. Além disso, você pode realizar diversas cotações antes de adquirir a moeda, o que aumenta as chances de conseguir taxas de conversão mais atrativas.

A Confidence Câmbio, por exemplo, oferece, além de simuladores para conversão de moedas, o alerta câmbio, uma ferramenta que encaminha, por e-mail, um aviso quando as taxas de aquisição do iene (ou da moeda desejada) sofrem alguma redução. Além disso, a Confidence também oferece facilidades para a compra de moedas e segurança nas transações, atendendo cerca de 1,6 milhões de pessoas por ano.

Se você tem o sonho de realizar uma viagem para o Japão, comece a se planejar desde já. Busque conhecer todas as maravilhas que o país oferece. Organize-se financeiramente e comece a comprar ienes com antecedência e aos poucos. Com planejamento sua viagem será muito mais proveitosa.

Gostou do post? Compartilhe-o em suas redes sociais para que mais pessoas fiquem por dentro de como se planejar para viajar para o Japão.

As mais lidas
Você sabe a diferença entre Swift, BIC e IBAN? A gente explica
Quando vamos fazer transações internacionais, nos deparamos como alguns códigos importantes. Saiba o que é SWIFT, BIC e IBAN   Quando você ...
08 jun 2017 56 votos, média: 2,66 de 556 votos, média: 2,66 de 556 votos, média: 2,66 de 556 votos, média: 2,66 de 556 votos, média: 2,66 de 5
Como recarregar meu cartão pré-pago internacional?
O cartão pré-pago internacional é uma das maneiras mais seguras de se levar dinheiro para o exterior durante as suas viagens. Com ele você está ...
12 jun 2017 19 votos, média: 3,16 de 519 votos, média: 3,16 de 519 votos, média: 3,16 de 519 votos, média: 3,16 de 519 votos, média: 3,16 de 5
Qual a diferença entre dólar comercial e dólar turismo?
O mercado cambial é um dos ativos mais importantes da economia. Acompanhar o preço do dólar e controlar o fluxo da moeda é um dos fatores que aju...
21 jul 2017 23 votos, média: 3,35 de 523 votos, média: 3,35 de 523 votos, média: 3,35 de 523 votos, média: 3,35 de 523 votos, média: 3,35 de 5
Dúvidas do cartão pré-pago para viagem internacional
Muitos clientes da Confidence Câmbio nos abordam com dúvidas sobre a aquisição e o uso do cartão pré-pago para viagem internacional Multi Moeda...
17 nov 2017 22 votos, média: 3,59 de 522 votos, média: 3,59 de 522 votos, média: 3,59 de 522 votos, média: 3,59 de 522 votos, média: 3,59 de 5
Dólar: você conhece essa moeda?
Viajar pelo mundo inclui, além de conhecer novas culturas, ter contato com a moeda estrangeira utilizada no outro país. É fundamental ter um pouco...
11 out 2017 12 votos, média: 4,25 de 512 votos, média: 4,25 de 512 votos, média: 4,25 de 512 votos, média: 4,25 de 512 votos, média: 4,25 de 5
Vou para Rússia
Não há como negar que a Rússia é um dos destinos turísticos mais comentados e procurados em 2018. A Copa do Mundo de Futebol é a grande respons...
19 abr 2018 3 votos, média: 5,00 de 53 votos, média: 5,00 de 53 votos, média: 5,00 de 53 votos, média: 5,00 de 53 votos, média: 5,00 de 5
4 destinos para ver neve de perto nas férias de Janeiro
  O mês de janeiro é caracterizado pelas férias escolares e, por isso, muitas famílias se programam para aproveitar esse período viajando p...
20 dez 2018 1 voto, média: 5,00 de 51 voto, média: 5,00 de 51 voto, média: 5,00 de 51 voto, média: 5,00 de 51 voto, média: 5,00 de 5
O que é SWIFT?
Para realizar operações de transferências internacionais é preciso informar o código SWIFT – também conhecido como BIC. A princípio ele pode...
27 mar 2018 63 votos, média: 1,54 de 563 votos, média: 1,54 de 563 votos, média: 1,54 de 563 votos, média: 1,54 de 563 votos, média: 1,54 de 5
Cartão pré-pago ou dinheiro vivo?
Programar uma viagem internacional envolve muitas pesquisas e tomadas de decisão. É preciso avaliar o destino, comprar passagens, reservar o hotel,...
14 jul 2017 17 votos, média: 3,35 de 517 votos, média: 3,35 de 517 votos, média: 3,35 de 517 votos, média: 3,35 de 517 votos, média: 3,35 de 5

Seu e-mail não será publicado. *Campos obrigatórios

Categorias

Conecte-se a nós

Tags