Qual é a melhor época para visitar Machu Picchu?

1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5,00/5 - 2 avaliações)
carregandoLoading...
melhor época para ir para machu picchu

4 min de leitura

Por: Confidence Câmbio • 16 jan

4 min de leitura

Construída pela extinta civilização Inca e hoje considerada uma das 7 maravilhas do mundo, a cidade de Machu Picchu fica localizada ao nordeste de Cusco, no Peru. Para quem tem interesse em conhecer os países da América Latina, esse certamente é um destino indispensável. 

Contudo, o viajante precisa se antecipar sobre alguns detalhes para conseguir aproveitar ao máximo a estadia. Afinal, qual é a melhor época para visitar Machu Picchu?

Confira as dicas e informações que preparamos para você viajar com tranquilidade, admirando única e exclusivamente com as paisagens encantadoras desse paraíso na Terra! Vamos lá?

Por que viajar para Machu Picchu?

Antes de mais nada, precisamos mencionar a facilidade de chegar, já que o Peru está logo ali ao lado, fazendo fronteira com o Brasil. Outra vantagem é que, por conta do Mercosul, os brasileiros têm passe livre para entrar no território peruano, o que simplifica o processo desde o início, ainda na preparação da viagem.

Quanto à beleza de visitar um lugar histórico, sendo inclusive um dos destinos religiosos mais procurados do mundo. E o melhor é que há muito para se ver, com diversas atrações e passeios para os visitantes. Entre eles, podemos destacar o Templo do Sol, Intihuatana e o Templo das 3 janelas.

Templo do Sol

Conhecido como Torreón, era um local utilizado para cerimônias para celebrar o solstício de verão. Construído sobre uma enorme rocha em que se encontra uma espécie de cova preenchida por argamassa, pode ser acessado por uma porta dupla. Infelizmente uma das janelas do Templo foi arrancada e também há indícios de incêndio no local. No entanto, é uma região indispensável para se entender um pouco da arquitetura dos incas, já que é a única com formato circular.

Intihuatana

É um calendário solar que está no lugar mais alto de Machu Picchu, uma colina que teve suas laterais transformadas em terraço. A forma é de uma pirâmide com base poligonal e para acessá-la é preciso ir pelas duas escadas que ficam ao norte e ao sul. Ao subir, o turista poderá se deparar com a Intihuatana, uma peça de pedra que está alinhada aos pontos cardeais e que era usada para orientações na agricultura, encabeçando a área sagrada da região.

Templo das 3 janelas

Uma boa representante do estilo arquitetônico da civilização Inca, é um conjunto de pedras talhadas e encaixadas. Localizado em frente à Praça Principal, está voltado para o Putucusi, uma das montanhas sagradas da região. Ele possui três janelas que representavam como os incas enxergavam o mundo, dividindo o em três categorias: o céu, a terra e o subterrâneo, simbolizando respectivamente, o espiritual, o mundano e o interior. 

Afinal, qual é a melhor época para ir à Machu Picchu?

Por ser uma região com muitas chuvas no verão, os melhores meses são entre maio e setembro, enquanto a temporada de seca ainda está em vigor. 

Quando chegar, escolha visitar Machu Picchu durante a tarde, que geralmente é menos movimentado que o período da manhã. A maioria dos turistas gosta de ir cedo para presenciar o nascer do sol, que acontece às 7 horas.

Outro conselho é evitar os meses de férias de outros países, como julho aqui no Brasil ou agosto na Europa, períodos em que muito provavelmente a cidade histórica fica ainda mais movimentada.

Como se preparar para essa viagem?

Por ser um lugar com fluxo turístico bastante intenso em determinadas épocas do ano, o ideal é que o viajante se antecipe a fim de evitar maiores transtornos. Veja o que você deve providenciar antes do embarque!

Compra de ingressos

Os ingressos para visitar o Parque de Machu Picchu são vendidos por turnos, das 6h às 12h e das 12h às 17h. As entradas podem ser adquiridas pelo site oficial da cidade ou em agências de turismo da região.

Vale lembrar que os ingressos são divididos em categorias: para visitar apenas a cidade, para visitar Machu Picchu ou para ter acesso à Machu Picchu e Huayna Picchu, montanha icônica das fotos dos visitantes. Os valores variam de 60 a 200 Sois Peruanos (clique aqui e veja a conversão do valor para real).

Vale ressaltar que, dependendo da época, o ideal é comprar as entradas com algumas semanas de antecedência.

Exigência de documentos

Tudo bem que o Peru não exige passaporte dos brasileiros, mas é importante – assim como em toda viagem – levar consigo um documento válido de identificação — inclusive para comprar o ingresso para visitar Machu Picchu. Nesse caso, pode-se utilizar tanto o passaporte quanto o RG.

Contratação de guia

As novas regras de acesso à Machu Picchu exigem a presença de um guia. De toda forma, ainda é possível visitar sem o acompanhamento do profissional. Com custo médio de 40 a 80 dólares para 2 horas de passeio, o guia pode ser contratado tanto em Águas Calientes quanto na própria porta da cidade histórica. É possível contratar um instrutor individual ou coletivo, o que costuma sair mais barato.

Previsão do tempo

Como é um lugar de altas altitudes, normalmente a temperatura por lá é bem fria de manhã, com a mínima girando em torno dos 6°C, mas podendo chegar a 21°C ao longo do dia. Lembre-se disso ao fazer a mala! Dê preferência a roupas confortáveis, para não prejudicar seus passeios, além de estar sempre preparado para trocar alguma peça com a mudança climática que ocorre durante o dia.

Escolha pelas trilhas

Para quem não quer usar muito o trem e tem experiência em trilhas, existem 2 opções que oferecem uma paisagem linda, com florestas e montanhas ao longo de toda a caminhada. 

A primeira é a trilha Inca clássica, que totaliza 4 dias de percurso. Os interessados devem agendar o passeio meses antes, principalmente em períodos de alta temporada.

A segunda é a trilha Salkantay, que leva 5 dias. Apesar de mais barata, ela não atrai tantos turistas. Por isso, é possível marcar esse passeio com apenas alguns dias de antecedência em qualquer agência de Cusco. Mas atenção: como são muitas subidas e descidas, é recomendável que a pessoa tenha alguma experiência, além de razoável preparo físico, ok?

E então, gostou de saber qual é a melhor época para ir para Machu Picchu? Pronto para fazer sua mala e partir? Aproveite para aprender também a fazer uma checklist completíssima para suas viagens internacionais de agora em diante!

Compartilhe esse post.

Está pensando em fazer um intercâmbio internacional?

Confira depoimentos de quem já foi e baixe o nosso e-book com dicas de planejamento financeiro e checklist de documentos para te ajudar a se organizar.

Está pensando em fazer um intercâmbio internacional?

Confira depoimentos de quem já foi e baixe o nosso e-book com dicas de planejamento financeiro e checklist de documentos para te ajudar a se organizar.

Fique por dentro

Preencha seus dados e receba as novidades da Confidence Câmbio

Aplicativo Confidence Câmbio

Pelo App você você recebe notificações quando o dólar, euro, libra, pesos e outras moedas estrangeiras estiverem em queda para aproveitar as melhores cotações. Além disso, com ele você pode comprar sua moeda estrangeira em espécie, recarregar seu cartão pré-pago internacional e fazer transferências internacionais.
Disponível nas lojas App Store e Google Play Store

Aplicativo Confidence Câmbio

Pelo App você você recebe notificações quando o dólar, euro, libra, pesos e outras moedas estrangeiras estiverem em queda para aproveitar as melhores cotações. Além disso, com ele você pode comprar sua moeda estrangeira em espécie, recarregar seu cartão pré-pago internacional e fazer transferências internacionais.
| MAPA DO SITE | confidence cambio © - todos os direitos reservados - CNPJ: 04.913.129/0001-41 - CONFIDENCE CORRETORA DE CAMBIO S/A - Av. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 105, 5º andar, Edifício Berrini One CEP: 04571-010 • São Paulo • SP • Brasil