Queda da Bastilha, Festa da Federação: o que os franceses comemoram dia 14 de julho?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3.67/5 - 6 avaliações)
carregandoLoading...

4 min de leitura

Por: Confidence Câmbio • 13 Jul 22

Um dos dias mais revolucionários da França e feriado nacional, o 14 de julho é enaltecido com uma mistura de desfiles militares e fogos de artifício. A tomada da Bastilha – a invasão da prisão por parisienses que lutavam para derrubar a monarquia absolutista durante a Revolução Francesa em 1789 – é comemorada há mais de um século. Relembre um pouco desse importante capítulo da história da Europa e anote as dicas de viagem que selecionamos especialmente para você. 

Na França, o Dia da Bastilha celebra a tomada da fortaleza militar, em 14 de julho de 1789, durante uma violenta revolta que ajudou a inaugurar a Revolução Francesa. Além de armazenar pólvora e outros suprimentos valiosos para os revolucionários, a Bastilha também simbolizava a tirania da monarquia, especialmente o rei Luís XVI e sua rainha, Maria Antonieta. 

Mas o que é a Bastilha?

Construída no ano de 1300 durante a Guerra dos Cem Anos contra os ingleses, a Bastilha foi projetada para proteger a entrada leste da cidade de Paris. As defesas do formidável edifício de pedra incluíam muros de 30 metros de altura, um fosso largo e uma guarda reforçada por mais de uma centena de homens. Como prisão, mantinha dissidentes políticos (como o escritor e filósofo Voltaire), muitos sem julgamento por ordem do rei. Em 1789, porém, a Bastilha seria demolida para dar lugar a uma praça pública. Nessa época, abrigava apenas sete presos.

Por que a população tomou a Bastilha?

Vamos de resumão: em linhas gerais, o clima era de grande insatisfação popular. A participação na guerra de Independência dos Estados Unidos somada à má administração do rei Luís XVI colocou a França à beira do desastre econômico. Para piorar a situação, as quebras consecutivas e generalizadas nas colheitas provocaram fome e o desemprego era uma questão crescente. Tudo isso conturbava o cenário já bastante problemático do Ancien Régime (o Antigo Regime), que dividia a sociedade francesa e garantia uma série de privilégios à nobreza e ao clero . 

Encorajada pela atuação da burguesia (que queria mais influência no governo) e insatisfeita com a opressão, a população parisiense pegou em armas e promoveu ataques contra prédios governamentais. O ataque à Bastilha foi o grande marco dessa mobilização e contribuiu para difundir o sentimento revolucionário por todo o país e inaugurar um período de dez anos marcado por grande agitação que ficou conhecido como Revolução Francesa.

A Fête de la Fédération (“Festa das Federações”), realizada exatamente um ano depois, em 14 de julho de 1790, celebrou com grande pompa o primeiro aniversário da insurreição. O evento durou vários dias e surtiu um efeito apaziguador nas tensões entre as diversas correntes políticas existentes até então. 

O feriado da Festa Nacional Francesa, em  14 de julho, marca uma dupla comemoração: o aniversário da tomada da Bastilha e da realização da Festa das Federações. 

E como é a Festa Nacional Francesa hoje?

Hoje, as celebrações acontecem em toda a França, com shows de fogos de artifício e paradas. O maior e mais antigo desfile militar da Europa ocorre na manhã de 14 de julho na Champs-Elysées, em Paris, diante do Presidente da República, altos funcionários franceses e convidados estrangeiros. A procissão é composta por unidades militares a pé, motorizadas ou aéreas, e às vezes convida tropas de forças estrangeiras. Há também os famosos Bailes dos Bombeiros: durante duas noites – 13 e 14 de julho – os bombeiros franceses abrem seus quartéis e pátios e fazem uma festa dançante gigante para a comunidade. 

Dicas de viagem: Paris

1. A Festa Nacional Francesa costuma lotar as ruas e principais atrações.

Se você quiser experimentar o Dia da Bastilha durante uma viagem a Paris, prepare-se: a cidade vai estar fervilhando de gente. A infraestrutura para comportar toda essa galera durante dos desfiles e shows também é enorme e acaba prejudicando a apreciação de paisagens icônicas. Melhor embarcar uns dias antes ou depois. 

2. Planeje-se e compre Euro mais barato.

Comprar euros aos poucos garante uma cotação média – nem tão alta, nem tão baixa. Desse modo, é possível suavizar qualquer impacto que o sobe e desce do câmbio venha a causar. Pensando nisso, lance mão de duas ferramentas: o Alerta de Câmbio (para identificar os melhores momentos para a compra de acordo com o histórico registrado da moeda) e o serviço de Câmbio Programado (que agenda sua compra de euros mensalmente). Se ficar com dúvidas, consulte os especialistas da Travelex Confidence.

3. A Torre Eiffel é parada obrigatória.

Muito provavelmente a estrutura feita pelo homem mais famosa em todo o mundo, a Torre Eiffel foi originalmente erguida para a Exposição Universal de 1889  (e deveria ter sido desmontada em 1909). De seu cume, você pode observar toda Paris – e, a recíproca é verdadeira: sua forma icônica é visível da maioria dos pontos de vista da cidade. Há um bar panorâmico de champanhe, uma brasserie e um restaurante com estrela Michelin. À noite, as vigas brilham como uma árvore de Natal. 

4. Compras de luxo nas Galerias Lafayette.

Este verdadeiro complexo de beleza majestosa foi inaugurado com o modesto objetivo de ser uma pequena boutique de moda. Cresceu imponente para se tornar um dos destinos de compras mais deslumbrantes do mundo. Vale a pena ver as cúpulas do teto de ferro forjado e os vidros treliçados. Além de abrigar marcas nacionais e estrangeiras, as Galeries Lafayette também são um deleite para gourmets e enófilos.

Fontes: France Diplomacy, History.com, G1, Come To Paris e Time Out

Compartilhe esse post.

Fique por dentro

Preencha seus dados e receba as novidades da Confidence Câmbio

    Está pensando em fazer um intercâmbio internacional?

    Confira depoimentos de quem já foi e baixe o nosso e-book com dicas de planejamento financeiro e checklist de documentos para te ajudar a se organizar.

    Está pensando em fazer um intercâmbio internacional?

    Confira depoimentos de quem já foi e baixe o nosso e-book com dicas de planejamento financeiro e checklist de documentos para te ajudar a se organizar.

    Aplicativo Confidence Câmbio

    Pelo App você você recebe notificações quando o dólar, euro, libra, pesos e outras moedas estrangeiras estiverem em queda para aproveitar as melhores cotações. Além disso, com ele você pode comprar sua moeda estrangeira em espécie, recarregar seu cartão pré-pago internacional e fazer transferências internacionais.
    Disponível nas lojas App Store e Google Play Store

    Aplicativo Confidence Câmbio

    Pelo App você você recebe notificações quando o dólar, euro, libra, pesos e outras moedas estrangeiras estiverem em queda para aproveitar as melhores cotações. Além disso, com ele você pode comprar sua moeda estrangeira em espécie, recarregar seu cartão pré-pago internacional e fazer transferências internacionais.
    | MAPA DO SITE | confidence cambio © - todos os direitos reservados - CNPJ: 04.913.129/0001-41 - CONFIDENCE CORRETORA DE CAMBIO S/A - Av. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 105, 5º andar, Edifício Berrini One CEP: 04571-010 • São Paulo • SP • Brasil